Sábado, 9 de Fevereiro de 2008

(54) Moçambique

 

MOÇAMBIQUE

 

Pedaço de terra africana

Pedaço de liberdade

Terás tu, para quem te ama

Paz , Amor, Verdade?

 

Abandonei-te!

Abandonaram-te!

 

Pedaço de terra africana

Agora que te libertaste

Pergunta a quem te ama

Quanto te sacrificaste?

 

Sangue e dor se misturaram,

Do branco, negro e mestiço.

Agora que a ferida sararam

Para que valeu tudo isso?

 

Terás tu, para quem te ama

Paz,  Amor, Verdade?

 

Pedaço de terra africana

Pedaço de liberdade!

 

 

 

 Autora: Fátima Negrão

publicado por poesiaemrede às 03:40
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De zito covane a 28 de Março de 2012 às 14:16
Eu sou mutilado da guerra,lebro-me da fome que eu pasei do inimigo que eu matei,agora que nao tenho perna sou tido como um palerma,mas digo valeu pork libertei-te falo d te minha terra moçambique.
De maria João Marques a 4 de Novembro de 2014 às 20:47
Zito Covane ....... me emocionei ao ler este comentário ............ quisera eu puder abraço-lho que o faria com gosto. Receba um abraço Maria João
De chabane ernesto missasse a 14 de Setembro de 2016 às 13:00
a paz
De jamira jose a 18 de Setembro de 2016 às 17:17
que poema tao bom
De Ercília a 2 de Novembro de 2017 às 07:10
A cultura moçambicana
De Ines Avelino vasco a 18 de Novembro de 2017 às 08:33
Adorei o poema continue assim beijos.
De Ines Avelino vasco a 18 de Novembro de 2017 às 08:33
Adorei o poema continue assim beijos.
De Ines Avelino vasco a 18 de Novembro de 2017 às 08:33
Adorei o poema continue assim beijos.
De Ines Avelino vasco a 18 de Novembro de 2017 às 08:33
Adorei o poema continue assim beijos.
De Ines Avelino vasco a 18 de Novembro de 2017 às 08:33
Adorei o poema continue assim beijos.
De Ines Avelino vasco a 18 de Novembro de 2017 às 08:33
Adorei o poema continue assim beijos.

Comentar post

Site_Poesia_em_Rede

.Poemas a Concurso

. Poemas da Minha Terra - P...

. (87) Portugalidade

. (86) Na Minha Terra

. (85) Cidade do Porto

. (84) A Minha Casa

. (83) Minha Terra

. (82) A Minha Terra

. (81) A Minha Terra

. (80) Do Alto da Serra Alg...

. (79) Onde Penduro o Chapé...

. (78) Minha Terra, Aldeia ...

. (77) Coimbra

. (76) Daqui Eu Vejo

. (75) Numa Aldeia Adormeci...

. (74) Não me alcunhei de C...

. (73) Saudades de ti

. (72) Um dia na minha Terr...

. (71) "Há coxas nuas a cor...

. (70) Um Suspiro!

. (69) "O Mundo dos cheiros...

. (68) Arruda

. (67) Ilha Encantada

. (66) "A Minha Terra"

. (65) Terra de Portugal

. (64) Minha Terra Eurotupy...

. (63) A Madeira é um Jardi...

. (62) Terra Minha Jamais E...

. (61) Reminiscências e Coi...

. (60) Malanje, Minha Terra

. (59) São Fragâncias Única...

. (58) "A Minha Terra"

. (57) A Minha Terra

. (56) A Praça

. (55) Besteiras - Uma Pequ...

. (54) Moçambique

. (53) Oh terra minha de en...

. (52) Horizonte Brasileiro

. (51) Minha terra...

. (50) A Minha Terra

. (49) Praia das Pérolas Pe...

. (48) A Minha Terra

. (47) Ericeira - Meu berço...

. (46) No Vale dos meus Bar...

. (45) Uma Aldeia de Viseu

. (44) Segredos Revelados

. (43) Saudades da Arrábida

. (42) A Representação do M...

. (41) Espécie de fuga do m...

. (40) Homossexualidade Urb...

. (39) Figueira que dá Rosa...

.Mais Poemas a Concurso

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.Projecto

blogs SAPO

.subscrever feeds

Contador de visitas
Contador de visitas